sexta-feira, 17 de janeiro de 2014

DVD: Fim

Os amigos: enfrentando o apocalipse? 

Nos últimos anos virou moda fazer filmes sérios sobre o fim do mundo. a temática favorita de Roland Emmerich (Independence Day/1996, O Dia Depois de Amanhã/2004 e 2012 ) agora serve para filmes que abordam as relações humanas diante do apocalipse. Se Lars Von Trier teve seu Melancolia (2011) e Abel Ferrara criou o fraco 4:44 (2011), o espanhol Jorge Torregrossa fez este sugestivo Fim. No início parece aquela velha fórmula dos amigos de juventude que se reencontram para curtir, mas acabam lavando a roupa suja. O protagonista é Félix (Daniel Grao) que aceita o convite de um grupo de amigos para um encontro numa casa de campo bastante afastada da cidade. Ele leva como acompanhante uma mulher vários anos mais jovem, Eva (Clara Lago) que é acolhida pelo grupo sem maiores problemas. Os amigos de juventude agora estão bem crescidos e possuem características que garantirão os desentendimentos. Maribel (Maribel Verdú) é a ex-namorada de Félix, que agora é casada com Rafa (Antonio Garrido), também fazem parte do grupo o artista Sergio (Miguel Fernández) e o galanteador Hugo (Andres Velencoso) que leva a namorada Cova (Blanca Romero) a tiracolo. Completa o grupo a compreensiva Sara (Carmen Ruiz) que organiza o encontro a pedido do amigo mais misterioso do grupo, Angel (Eugenio Mira) - que não aparece. Os amigos tentam resgatar o entrosamento dos tempos idos, mas aos poucos a tensão teima em aparecer, principalmente depois que um clarão faz faltar energia nas redondezas e impossibilita que os carros funcionem. Além disso, segredos do passado envolvendo Angel teimam a aparecer. Depois de uma discussão os amigos começam a desaparecer um por um e desconfiam de que tudo é uma armação do amigo dissidente, mas conforme caminham pela região percebem que trata-se de algo muito mais complexo. Existem mistérios de sobra durante o filme (e não vou me admirar se o filme for transformado futuramente numa série nos moldes de Lost), mas debaixo de todo o clima de suspense, o roteiro quer ressaltar uma teoria interessante: de que existimos somente quando somos vistos ou somos importante para alguém, talvez por isso sempre que um personagem encontra-se sozinho os mistérios aconteçam. Entre os apuros envolvendo animais essa ideia poético-filosófica se perde várias vezes em nome do suspense, mas o roteiro deixa sempre em aberto as possibilidades para as explicações sobre o que está acontecendo. Nas entrelinhas existe até uma paixão platônica entre Félix e  Hugo que revela-se em diálogos sutis e olhares reveladores, mas que nunca se aprofunda durante a sessão. Trata-se de um filme simples, mas bem sucedido em suas intenções, mas não chega a ser genial. Bem editado e com boas atuações você nem liga para as pontas soltas do roteiro ou cenas que deveriam causar medo e podem causar risos na plateia (a dos cachorros por exemplo). Os "segredos" podem até ser rotulados como furos no roteiro, mas o resultado consegue prender o espectador, ainda que ele possa decepciona-se com o final nebulosamente pessimista. 

Fim (Fin/Espanha-2012) de Jorge Torregrossa com Daniel Grao, Maribel Verdú, Clara Lago, Andres Velencoso, Blanca Romero e Carmen Ruiz. ☻☻☻

Nenhum comentário:

Postar um comentário